Petrobras: 6.412 vagas para concurso com exigência de nível técnico tem incrições reabertas

Petrobras: 6.412 vagas para concurso com exigência de nível técnico tem incrições reabertas

Chances são para sete estados. Taxa de participação custa R$ 62,79. Remuneração mínima inicial é de R$ 5.878,82.

Mudanças:

Recentemente, houve uma mudança no edital, o que levou à suspensão temporária das inscrições até o último domingo (dia 7). A estatal ampliou de 19 para 35 as cidades onde as provas objetivas serão aplicadas, incluindo as capitais de todos os estados do país.

A plataforma de inscrições precisou ficar fora do ar para o ajuste de inclusão das novas cidades entre as opções no momento da candidatura. A retomada aconteceu nesta segunda-feira (dia 8).

De acordo com a companhia, os candidatos que já haviam se cadastrado antes da suspensão continuam com suas inscrições válidas, assim como as taxas pagas.

Ainda segundo a estatal, os candidatos que já se cadastraram para o concurso também poderão alterar o local de prova para uma das novas cidades incuídas até o término das inscrições, previsto para 31 de janeiro. Isso porque a cidade selecionada para a realização da prova não está vinculada ao município da vaga para a qual o candidato ou a candidata está concorrendo.

Oportunidades:

Do total de 6.412 vagas, 916 são para início imediato  5.496 para a formação de um cadastro de reserva. As chances são para pessoas com nível técnico em sete estados: Espírito Santo, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo. Aremuneração mínima inicial é de R$ 5.878,82. Não é preciso experiência profissional prévia.

A banca organizadora da seleção é o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe). As inscrições podem ser feitas pela internet (clique aqui). Neste site, também é possível consultar o edital. A taxa de participação custa R$ 62,79. Doadores de medula óssea e inscritos no CadÚnico podem solicitar a isenção da taxa.

Áreas de atuação:

  • Enfermagem do Trabalho
  • Inspeção de Equipamentos e Instalações
  • Logística de Transportes
  • Manutenção (Caldeiraria, Elétrica, Instrumentação e Mecânica)
  • Operação
  • Operação de Lastro
  • Projetos, Construção e Montagem (Edificações, Elétrica, Instrumentação, Mecânica)
  • Química de Petróleo
  • Segurança do Trabalho
  • Suprimento de Bens e Serviços – Administração

Locais de Prova:

  • Rio Branco/AC
  • Maceió/AL
  • Manaus/AM
  • Salvador/BA
  • Fortaleza/CE
  • Brasília/DF
  • Vitória/ES
  • Goiânia/GO
  • São Luís/MA
  • Belo Horizonte/MG
  • Betim/MG
  • Campo Grande/MS
  • Belém/PA
  • João Pessoa/PB
  • Ipojuca/PE
  • Recife/PE
  • Curitiba/PR
  • Araucária/PR
  • Duque de Caxias/RJ
  • Itaboraí/RJ
  • Macaé/RJ
  • Rio de Janeiro/RJ
  • Natal/RN
  • Porto Alegre/RS
  • Canoas/RS
  • Florianópolis/SC
  • Aracaju/SE
  • Campinas/SP
  • Cubatão/SP
  • Mauá/SP
  • Paulínia/SP
  • Santos/SP
  • São José dos Campos/SP
  • São Paulo/SP
  • Palmas/TO

Locais de Trabalho:

  • RJ: Duque de Caxias, Itaboraí, Macaé e Rio de Janeiro
  • MG: Betim
  • SP: Cubatão, Mauá, Paulínia, Santos e São José dos Campos
  • ES: Vitória
  • PR: Araucária
  • RS: Canoas
  • PE: Ipojuca

Provas:

A seleção terá duas etapas. A prova objetiva — com 40 questões de conhecimentos básicos e 60 de conhecimentos específicos — está prevista para ser aplicada no dia 24 de março. Os classificados serão depois convocados para avaliação multiprofissional, e o resultado final sairá no início de junho.

O processo seletivo terá validade de 18 meses.