Petróleo e Gás: 190 vagas em cursos gratuitos com bolsa de R$ 600,00 oferecidas Firjan Senai e institutos Todos na Luta e Reação; saiba como se inscrever

A Firjan Senai formará profissionais para o mercado de petróleo e gás em parceria com os Institutos Todos na Luta e Reação, que juntos lançaram um programa educacional único e inovador: Reação Offshore – Academia de Talentos.

As inscrições para o processo seletivo estão abertas e devem ser feitas até 3 de julho pelo site do programa www.reacaooffshore.com.br.

Inicialmente, são 190 vagas, e os alunos classificados receberão uma bolsa mensal no valor de R$ 600.

As unidades vagas são Firjan Senai Benfica, Caxias, Macaé e Campos de Goytacazes.

O único requisito é que o candidato tenha no mínimo 18 anos e tenha concluído o processo seletivo do curso técnico completo do ensino médio em Mecânica, Automação Industrial, Instrumentação, Química, Petroquímica, Elétrica e/ou Eletrônica entre janeiro de 2009 e a data limite. As aulas começam em 26 de julho e vão até 12 de novembro, com 16 semanas de duração.

A grade curricular conta com aulas técnicas e socioemocionais, para desenvolver as habilidades de soft skills dos alunos, que serão realizadas presencialmente nas sedes participantes, de segunda a sábado com turmas pela manhã, tarde e noite, pelo período de 4h.

Responsável pela formação profissional integrante do projeto Reação Offshore, a Firjan Senai entrará com sua metodologia de formação profissional, estrutura de suas unidades envolvidas, tanto de laboratórios quanto de instrutores. Edson Melo, gerente de Educação Profissional da Firjan Senai reforça que a instituição, sempre alinhada com as demandas do mercado de trabalho, firma mais uma parceria para formar profissionais qualificados para atuação no setor de petróleo e gás.

Mão de obra especializada

A ideia da parceria é formar mão de obra especializada para ingressar no mercado de trabalho e contribuir com o desenvolvimento do mercado. O segmento de óleo e gás segue aquecido e demanda cada vez mais profissionais para as vagas que não param de surgir.

E a PetroRio, empresa do mercado de petróleo e gás do Brasil e especialista em recuperação de campos maduros, é a primeira apoiadora do Reação Offshore. Segundo a empresa, a principal motivação para entrar nessa parceria é contribuir para a redução do déficit de mão de obra qualificada no setor de óleo e gás.