Programa Jovens Promotores da Saúde abre cursos remunerado com bolsas de até R$ 650, inscrições ate dia 12 de abril

Inscrições vão até o dia 12 de abril e as turmas começam ser formadas em maio

Rio – A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e a Secretaria Especial da Juventude Carioca (JUVRio) abriram vagas para o curso de formação de Jovens Promotores da Saúde voltado para pessoas de 14 a 29 anos. O programa oferece bolsas-auxílio de R$ 450 a R$ 650 e tem como objetivo preparar os alunos para atuarem na atenção primária à população. Interessados podem se inscrever até o dia 12 de abril. A formação de turma começará em maio de 2022 e terá duração de um ano.
O RAP da Saúde, como foi batizado o programa, é um projeto da Superintendência de Promoção da Saúde da SMS e, agora, passa a fazer parte também do Emprega JUV, o programa de empregabilidade da JUVRio.  O objetivo, segundo a pasta, é auxiliar os jovens na busca por uma oportunidade de emprego, através da orientação e qualificação profissional e direcionamento para postos de trabalho.
Os participantes terão acesso a conhecimentos sobre diversos temas relacionados à área da promoção da saúde, como direitos humanos, paternidade, direitos sexuais e reprodutivos, cultura da paz, diversidades, prevenção às ISTs, tabagismo, álcool e outras drogas e saúde mental. A questão da prevenção de cuidados com o coronavírus é um dos temas transversais da formação.
Vagas e formação

Ao todos serão 158 vagas disponíveis para os cargos de multiplicador e dinamizador. Pessoas com Deficiência (PCD) terão reserva de vaga. Todas as regiões da cidade, dentro das cinco Áreas de Planejamento do município, serão contempladas com o programa. O multiplicador ganha bolsa-auxílio de R$ 450.

É preciso ter de 14 a 29 anos e não será exigida experiência anterior de trabalho. Os jovens também terão acesso à formação em promoção da saúde e comunicação, mais atividades do curso.

Já dinamizadores devem ter de 18 a 29 anos que já participaram do projeto RAP da Saúde por pelo menos um ano ou dos programas da JUVRio ou da Secretaria Municipal de Assistência Social. Aqueles que estiveram em projetos sociais voltados à promoção da saúde ou em atividades pautadas pelo protagonismo juvenil também serão considerados. Para esta categoria, a bolsa-auxílio é de R$ 650. Os alunos receberão noções de liderança, aprimoramento da informação e multiplicação de conhecimentos. Eles serão monitores dos multiplicadores e apoiarão os profissionais das unidades de saúde.

Os alunos serão monitorados mensalmente por meio de um relatório aplicado pela Superintendência de Promoção da Saúde, da SMS. A cada três meses haverá uma avaliação dos multiplicadores e, ao final do curso, multiplicadores e dinamizadores deverão entregar um Trabalho de Conclusão de Curso, além de garantir a frequência mínima de 75%.

Inscrições e seleção

Para participar do Jovens Promotores da Saúde basta acessar o site do Instituto Dom Pixote, ler o edital e preencher o formulário no link: https://www.dompixote.org/jovens-promotores-da-saude/. A taxa de inscrição e o curso são gratuitos.

A relação de aprovados na avaliação dos formulários será divulgada no dia 20 de abril, no site da Dom Pixote. O resultado final da seleção estará disponível no mesmo endereço no dia 12 de maio, com a possibilidade de enviar recursos. A lista final de classificação será publicada no dia 13 de maio, após as 14h.